Como fazer as ligações de um sensor infravermelho com fios

Para explicar como é feita esta ligação em uma Central de Alarme usaremos como exemplo a central ECP Alard Max4 RF de 4 setores mistos (para sensores com fio e sem fio).

Os sensores infravermelho com fio necessitam de 4 fios para sua ligação a central de alarme. Dois fios são responsáveis por sua alimentação 12 VCC e os outros dois para serem ligados a um dos setores da central. Esta forma de ligação é necessária para que em caso de corte de energia, os sensores passem a ser energizados pela bateria de no-break interna a central de alarme sem interrupções.

No desenho abaixo estamos mostrando as ligações necessárias para a ligação de mais de um sensor em um mesmo setor da Central ECP Max4.

ecp_lig_infra

 No desenho estamos instalando vários sensores infravermelhos no setor 1 (ou zona 1) da central. O esquema acima mostra que os fios de alimentação 12 Volts (vermelho e preto) são ligados em paralelo e os fios Alarme são ligados em série, desta forma  qualquer sensor que detectar movimento irá interromper o circuito fazendo com que a  central dispare se estiver armada. Na placa da central de alarme você irá encontrar 2 bornes correspondentes a alimentação 12 volts necessária ao funcionamento do sensor infravermelho. Estes bornes normalmente são identificados como saída auxiliar ( +AUX-, +12 -, + COM )  e terão a indicação de polaridade (+) e (-). Os fios de alarme serão ligados a um Setor, no nosso exemplo será o setor 1 e terão a identificação S1 (ou Z1) e C (COM ou negativo).

Um detalhe importante que muitos esquecem é que os SETORES (para sensores com fio) da central de alarme não podem ficar abertos. Desta forma se estivermos utilizando somente SENSORES SEM FIO devemos providenciar o fechamento destes setores ligando o borne S1, S2, S3 e S4 ao borne Comum/Negativo.  No caso de termos setores mistos (sensores com fio e sem fio) também devemos fechar os setores que não tenham sensores com fio.

Exemplo: Setor 1 com dois sensores sem fio, Setor 2 com 1 sensor com fio, Setor 3 com 1 sensor sem fio, Setor 4 não utilizado. Neste caso como só temos sensores com fio no Setor 2 devemos fechar os setores 1, 3 e 4. Na figura abaixo temos exemplos de como esse fechamento (JUMPER) é feito na Central ECP Alard Max 4 RF:

Fechamento dos setores com fio não utilizados

Finalizando  recomendamos que veja o vídeo abaixo, preparado pela ECP que mostra o que abordamos neste artigo e que apresenta como são feitas estas ligações na prática.